Governo do Estado promove Seminário: Educação Profissional Articulada ao Setor Produtivo de MS

Categoria: Destaque, Formação | Publicado: quarta-feira, maio 2, 2018 as 17:25 | Voltar

Campo Grande (MS) – A Secretaria de Estado de Educação (SED) e a Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro) realizam o Seminário “Educação Profissional Articulada ao Setor Produtivo de Mato Grosso do Sul”, no Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camillo, em Campo Grande, na quarta-feira (2.5), às 8 horas.

Com esta ação, o Governo do Estado pretende reunir as diversas instituições do setor produtivo, os segmentos da educação e a sociedade em geral para discutir sobre as demandas de emprego, formação profissional e mundo do trabalho, além de consolidar o Mapa de Demanda Identificada que subsidiará o financiamento de cursos técnicos pelo MedioTec aos estudantes regularmente matriculados no ensino médio regular da Rede Estadual de Ensino.

Nesse evento, as federações da indústria, comércio e agropecuária se unem para apresentar um panorama desses setores e dialogar sobre as possibilidades de fortalecimento e desenvolvimento desse segmento a partir da implementação da oferta de cursos profissionalizantes nas diversas regiões do Estado.

A fim de promover a análise e reflexão do cenário atual das demandas por formação profissional e estimular a proposição de estratégias conjuntas e integradas para o aprimoramento da oferta de cursos profissionalizantes, com maior aderência às necessidades do mercado de trabalho, o Seminário contará com mesas redondas compostas por representantes de intuições parceira como a Fundação Itaú BBA.

Programação

O Ministério da Educação (MEC) apresentará o MedioTec, que constitui uma ação de aprimoramento da oferta de cursos técnicos concomitantes para o estudante regularmente matriculado no ensino médio regular nas redes públicas estaduais e distrital de educação, com a proposta de uma formação profissional com produção pedagógica específica para o público atendido e em parceria com os setores produtivos, econômicos e sociais.

O Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) apresentará a Plataforma SuperTEC, que visa integrar as demandas por formação profissional e tecnológica no Brasil, aumentar o interesse dos estudantes e trabalhadores pela qualificação profissional e subsidiar a oferta das escolas técnicas nacionais, públicas e privadas.

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) fará a exposição do Mapa de Demanda do Trabalho da Indústria em Mato Grosso do Sul. Esse instrumento provém de estudos realizados pela CNI e retrata a empregabilidade do setor nas diversas regiões do Estado.

A Semagro trará uma avaliação do desempenho recente do conjunto das atividades que formam os setores produtivos e de serviços, bem como sua dinâmica demográfica em Mato Grosso do Sul.

As instituições ofertantes dos cursos profissionalizantes que aderiram ao Programa MedioTec apresentarão um panorama da oferta e as perspectivas de novos cursos a serem oferecidos à população sul-mato-grossense.

Por fim, os Serviços Nacionais da Aprendizagem (Sistema S) produzirão um debate acerca da importância da formação profissional para o desenvolvimento socioeconômico do estado e as demandas associadas a cada sistema.

Educação Profissional

A Secretaria de Estado de Educação implantou nas escolas da Rede Estadual de Ensino cursos de formação profissional que visam a elevação dos níveis de escolaridade da população, sua inserção no mundo do trabalho e o desenvolvimento humano e social do Estado.

Em parceria com o Governo Federal, o Governo do Estado de Mato Grosso do Sul inaugurou seis Centros de Educação Profissional, localizados em Campo Grande, Dourados, Naviraí, Camapuã e Aquidauana. Mais um, em Chapadão do Sul, está em fase de equipagem.

Atualmente, a Rede Estadual de Ensino oferta cursos profissionalizantes em 102 escolas estaduais, cobrindo mais de 60% dos municípios de Mato Grosso do Sul com 45 cursos, nas formas integrado, concomitante e subsequente ao ensino médio, beneficiando 9.500 estudantes no primeiro quadrimestre deste ano.

Os distribuídos em 9 eixos tecnológicos: Ambiente e Saúde. Controle e Processos Industriais; Desenvolvimento Educacional e Social; Gestão e Negócios; Informação e Comunicação; Produção Cultural e Design; Produção Industrial; Recursos Naturais; e Turismo, Hospitalidade e Lazer.

 

Fonte: SED/MS

Publicado por: tmotta@fazenda.ms

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.